quinta-feira, 13 de julho de 2017

|Arbitragem| Bruno Vieira e Tiago Cordeiro mudam de CA!

Os árbitros Bruno Vieira e Tiago Cordeiro estarão a partir da próxima temporada ao serviço de outros conselhos de arbitragem depois de terem pedido transferência do conselho de arbitragem da AF Beja, alegando ambos motivos pessoais e profissionais.
Bruno Vieira de 28 anos, que na última temporada esteve no estágio de elite não conseguindo a promoção ao quadro principal da arbitragem, muda-se para a AF Lisboa onde atualmente reside e treina.  
Quanto a Tiago Cordeiro de 31 anos, foi na última temporada o árbitro do ano na AF Beja ascendendo ao estágio do quadro nacional, que agora será realizado representando a AF Algarve, ele que reside em Faro.
Duas perdas importantes para a arbitragem bejense.


6 comentários:

  1. Porque será? Um árbitro que queira fazer carreira nos nacionais hoje em dia se tiver o nome de Beja associado a ele é logo meio caminho andado para lutar para não descer ou descer mesmo e não é por falta de qualidade nem falta de condições de treino porque a nossa arbitragem distrital tem evoluído nos últimos anos a níveis nunca vistos em décadas anteriores mas isto não chega porque vai para além do que é imaginável... Beja hoje em dia a nível nacional está abandonado e enquanto o poder central for gerido por as "mesmas" pessoas de sempre isto vai continuar por muito mais tempo... É o que eu penso, não menosprezando os nossos dirigentes distritais pois estes tem trabalhado o mais que podem e o que sabem e quem anda por cá sabe estas pessoas dão tudo em prol da arbitragem, mas hoje em dia não chega...falta o que esta nossa gente é contra.... Boa época a todos...

    ResponderEliminar
  2. Depois de Dinis Gorjão se ter mudado para a A.F. Setúbal à uns anos atrás, surge agora esta noticia, a sr verdade, ela demonstra de como se está a trabalhar muito mal no Conselho de Arbitragem da A. f. Beja. Agora, não venham com histórias, porque eu não acredito que o mesmo se deva só à actual residência dos árbitros em questão!!!

    ResponderEliminar
  3. O Tiago Cordeiro veio para Beja porque no Algarve iria encontrar muitos adversários difíceis para subir novamente ao nacional, e como em Beja é fácil subir porque a qualidade dos árbitros deixa muito a desejar, ele subiu e voltou ao Algarve, se pró ano descer aos distritais, podem apostar que o iremos ver novamente nos campos do nosso distrito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Sérgio antes de expressar qualquer comentário informe-se melhor. o árbitro Tiago nunca pertenceu ao Algarve.

      Eliminar
  4. Pode se aqui referir que o senhor josé tomé e o seu filho também se transferiram para a AF Algarve devido aos senhores do conselho de arbitragem da AF Beja, onde podiam pedir a demissão, porque já são 4 que abandonam a AF Beja (2 dos nacionais e 2 dos distritais). Há quem culpe a fpf, mas é melhor culpar é a AF Beja. Uma vergonha?! Lá isso o é!!!

    ResponderEliminar
  5. Mais duas baixas na AF Beja, o Bruno era para mim o melhor arbitro da AF Beja seguindo atrás o André Baltazar, se a perda do Bruno é enorme e irreparável se o Baltazar abandonar a arbitragem distrital fica na lama pois o Baltazar é claramente arbitro de nacional e de momento está uns patamares acima de qualquer outro, e a AF Beja precisa mais dele do que nunca,faço fotos sinceros para que ele continue pois isto não vai lá com Parreirinhas, Crujos, Gaspares, Guerreiros e Lda e será difícil gerir para os nossos dirigentes distritais sem matéria prima!! Saudações Mineiras!! SCMA

    ResponderEliminar

Atenção!
A partir de 1 de julho de 2017 só serão aceites comentários de e-mail registados ou que apresentem "nickname".
"Comentar Como:"
"Nome/URL"

Todos os comentários em anónimo serão eliminados.